Assign modules on offcanvas module position to make them visible in the sidebar.

Main Menu

O Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Amapá (Sindsemp-AP) convocou para esta terça-feira (18), às 16h, Assembleia Geral para que a categoria possa votar na proposta da Administração do Ministério Público do Amapá (MP-AP) de reposição salarial de 3% para todos os servidores, e mais 3% sobre a gratificação da atividade ministerial (GAMP), referente 2018, para pagamento a partir de janeiro de 2019, retroativo a abril/2018.

WhatsApp Image 2018 12 17 at 10.01.44

WhatsApp Image 2018 12 17 at 10.01.43Os cálculos relativos à data base 2018 foram apresentados para a diretoria, em reunião na última terça-feira (11), na Procuradoria-geral de Justiça, com a presença do procurador-geral de Justiça, Márcio Alves, o assessor da PGJ, promotor de Justiça José Barreto, e a secretária-geral do MP-AP, promotora de Justiça Ivana Cei.

Na reunião, os dirigentes do Sindsemp-AP defenderam a reposição inflacionária emergencial de 5% nos salários, votada em Assembleia Geral Extraordinária, realizada no início do mês, e ressaltaram as perdas salariais históricas que estão acumuladas. Depois de ouvir os argumentos da administração do Ministério Público, se posicionaram por levar a questão para votação em assembleia da categoria.

“Temos que ouvir os colegas servidores para que avaliem a situação e os pontos apresentados na proposta da instituição para que a gente possa ter legitimidade na decisão final, que será apresentada na próxima reunião agendada para o dia 21”, salientou o presidente William Tavares.

Na proposta, além dos 3% de reposição dos salários e 3% na GAMP, a administração se comprometeu a pagar a diferença de 2,84% referente aos exercícios de 2004 a 2009, além de reajuste de 3% a partir de 1º de abril, data base de 2019.

Venha fazer parte do SINDSEMP

Aproveite todas as vantagens de ser sindicalizado e torne nosso movimento mais forte!

Inscreva-se

SINDSEMP - Amapá - Macapá - Brasil